O Movimento Estudantil é mais presente na sociedade brasileira do que você imagina. Foi ele quem organizou várias mobilizações contra as idéias nazi-fascistas durante a Segunda Guerra Mundial. Depois em 1947 organizou a maior campanha cívica da história do Brasil: O Petróleo é Nosso (Série de manifestações de cunho nacionalista em defesa do patrimônio territorial e econômico do país, que resultou na criação da Petrobrás). Depois lutou e derrotou a Ditadura Militar e ainda participou do movimento pelas “Eleições Diretas-já”.

A atuação do movimento estudantil brasileiro não parou e ele conseguiu aprovar na Constituição de 1988 o voto aos 16 anos. Nas universidades o movimento, se divide em entidades de representação, ou de base, que são os centros acadêmicos, os diretórios acadêmicos (quando exitem mais de um campus) e os diretórios centrais, todos são auto-organizado pelos estudantes, sem aparelhamento político-partidário, reitorias entre outros.

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) é uma entidade estudantil que representa todos os estudantes de uma instituição de ensino superior, sejam elas universidades, faculdades ou centros universitários. A eleição de seus membros organizada através do voto universal, que na UFGD ocorre anualmente. A composição da coordenação é de 17 membros, que são 8 coordenadorias e suplências e uma coordenadoria geral.

O DCE é organizado também através do modelo hierárquico, que são subordinações do DCE aos conselhos de entidades de base, a assembléia geral e ao congresso anual dos estudantes.

DCE

A Atual gestão, DCE para todos, Por um novo Movimento! Eleito em Outubro de 2015.